UMA FILOSOFIA ONTOLÓGICA DA INFÂNCIA E OS EXERCÍCIOS POÉTICOS DE SER CRIANÇA

ELAINE DA SILVA CARVALHO DONATO (UESB), RICARDO MARTINS VALLE (UESB)

Resumo


RESUMO:

O presente trabalho tem por objetivo a leitura do livro Exercícios de Ser Criança (1999), à luz da filosofia de Gaston Bachelard (1884-1962), principalmente pelo significado teórico que a infância toma nas poéticas do Devaneio e do Espaço. Exercícios de ser criança (1999), primeiro livro do poeta Manoel de Barros publicado com a classificação infanto-juvenil, recupera as principais características do programa poético manoelino: a aversão ao utilitarismo da linguagem, o universo infantil como temática central, o devaneio como exercício poético. Assim, temas como brincadeiras, travessuras e o modo próprio de como a criança vive o devaneio são recorrentes em toda a obra. Neste sentido, busca-se compreender como Manoel de Barros, por meio de seu fazer poético, toma a infância como signo de eterno retorno a um tempo que, a priori, é irrecuperável, mas que através dos exercícios poéticos de ser criança, torna-se um espaço permanentemente imóvel, de recordação, de revisitação. A infância como espaço de memória e criação poética.

Palavras- Chave: Manoel de Barros. Infância. Poesia Brasileira. Bachelard.


Referências


BACHELARD, Gaston. A poética do espaço. In: Os pensadores. Trad. Antônio da Costa Leal. São Paulo: Nova Cultural,1988.

______. A poética do devaneio. Trad. Antônio de Pádua Danesi.3ª ed. São Paulo: Martins Fontes, 2009.

______. A água e os sonhos: ensaio sobre a imaginação da matéria. Trad. Antônio de Pádua Danesi.2ª ed. São Paulo: Martins Fontes, 2013.

BARROS, Manoel de. Manoel de Barros faz do absurdo sensatez. Mato Grosso do Sul, 18 out. 1997. O Estado de São Paulo, Caderno 2, 18 out. 1997. p. 1-3. Entrevista concedida a José Castello. Disponível em: http://www.revista.agulha.nom.br/castel11.html.

Acesso em: agosto de 2015.

_______. Exercícios de ser criança. Rio de Janeiro: Salamandra, 1999.

________. Poesia completa. São Paulo: Leya, 2013.

BASTOS, Luciete. Fazendeiro de Poesias: uma leitura do livro ensaios fotográficos de Manoel de Barros. In: Revista Letras de Hoje: Estudos e debates em Linguística, Literatura e Língua Portuguesa. Porto Alegre, v. 39, nº2, p.85-96, 2004.

CASTRO, Afonso de. A poética de Manoel de Barros: a linguagem e a volta à infância. Brasília: Universidade de Brasília, 1991.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

 

 

Indexadores de Base de Dados (IBDs) 
Bases de periódicos com texto completo:



 

Outros Indexadores e Bancos de Dados:

Library of Congress

 

Sudoc - Système Universitaire de Documentation

 

Copac – United Kingdom

 

Bielefeld Academic Search Engine

 

CRUE / REBIUN - Catálogo de la Red de Bibliotecas Universitarias

 

Macabéa – Revista Eletrônica do Netlli está avaliada no extrato B2, no QUALIS/CAPES - quadriênio 2013-2016, na área de LETRAS/LINGUÍSTICA.