A ASCENSÃO SOCIAL ATRAVÉS DO CASAMENTO E DA HERANÇA EM UMA SOCIEDADE COM MARCAS PATRIARCAIS: UMA ANÁLISE DA OBRA HELENA DE MACHADO DE ASSIS

Vanessa Fátima Moraes de Souza (UTFPR), Marcos Hidemi de Lima (UTFPR)

Resumo


O patriarcalismo, sistema de organização familiar e social em que o chefe da família é o homem, é uma das características marcantes da sociedade do século XIX e XX.  Dessa forma, pode-se notar que algumas obras literárias da época representam tal sociedade, colocando o homem branco em papel de destaque e o negro e a mulher em papel inferior, de submissão ao homem branco. Sendo assim, tal artigo pretende analisar a presença do patriarcalismo por meio da leitura dos espaços destinados aos personagens, bem como analisar o papel de Helena, como ela se posiciona e como age em seu dia a dia, a fim de ascender socialmente na família em que foi reconhecida. Em contrapartida, analisar-se-á também a personagem Eugênia com a mesma finalidade, ou seja, observar como essa ascende na sociedade. Dessa maneira utilizar-se-ão das teorias de Roberto Reis (1987) e Gilberto Freyre (2006) para falar sobre a sociedade patriarcal, de DaMatta (1997) para analisar os espaços “casa” e “rua”, bem como a teoria de Mary Del Priore (2014) e Maria Ângela D’Incao (2013), para analisar o papel da mulher na história.

 

 

ABSTRACT: Patriarchy, family and social organization system in which the head of the family is the man, is a common characteristic of the society of the nineteenth and twentieth century. So, it can be noted that some literary works of the time represent that society, putting the white man in a prominent role and the black man and all the woman in a lower role, of submission to the white man. Accordingly, this article aims to analyze the presence of patriarchy by reading the spaces dedicated to the characters, as well to examine the role of Helena, how is her position and how she acts in her day-to-day life in order to rise socially through the family in which she was recognized. So, it will be used the theories of Roberto Reis (1987) and Gilberto Freyre (2006) to talk about patriarchal society, Roberto Da Matta (1997) to analyze the "home" and "street" spaces, as well as Mary Del Priore (2014) and Maria Angela D'Incao (2013) theory, to analyze the role of women in history.


Referências


ASSIS, Machado. Helena. 1ª ed. - Porto Alegre; Editora L&PM, 2015.

DAMATTA, Roberto A Casa & A Rua: Espaço, cidadania, mulher e morte no brasil, 5ª ed. - Rio de Janeiro: Rocco, 1997.

DELL PRIORE, Mary. Histórias íntimas: sexualidade e erotismo na história do Brasil. 2ª ed. – São Paulo: Planeta, 2014.

D’INCAO, Maria Ângela. Mulher e família burguesa. In: DEL PRIORE, Mary (Org.) & PINSKY, Carla Bassanezi (Coord. Textos). História das mulheres no Brasil. 10ª ed. São Paulo: Contexto, 2013, p. 223 a 240.

FALCI, Miridan Knox. Mulheres do sertão nordestino. In: DEL PRIORE, Mary (Org.) & PINSKY, Carla Bassanezi (Coord. Textos). História das mulheres no Brasil. 10ª ed. São Paulo: Contexto, 2013, p. 241 a 277.

FREYRE, Gilberto. Sobrados e mucambos: decadência do patriarchado rural do Brasil. 5ªed. São Paulo: Companhia Editora Nacioal, 1936.

SCHWARZ Roberto. Ao vencedor as batatas. 3ª ed. São Paulo: Livraria duas cidades LTDA, 1988.

REIS, Roberto. A permanência do círculo: hierarquia no romance brasileiro. Niterói: EDUFF; Brasília: INL, 1987.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

 

 

Indexadores de Base de Dados (IBDs) 
Bases de periódicos com texto completo:



 

Outros Indexadores e Bancos de Dados:

Library of Congress

 

Sudoc - Système Universitaire de Documentation

 

Copac – United Kingdom

 

Bielefeld Academic Search Engine

 

CRUE / REBIUN - Catálogo de la Red de Bibliotecas Universitarias

 

Macabéa – Revista Eletrônica do Netlli está avaliada no extrato B2, no QUALIS/CAPES - quadriênio 2013-2016, na área de LETRAS/LINGUÍSTICA.