O ASSASSINATO DE FRANCISCA DO SOCORRO EM DISCURSOS E ARGUMENTOS DA POPULAÇÃO CIVIL DE MILAGRES/CE E DO ACUSADO PELO CRIME

Gilton Sampaio Souza (UERN), Maria do Socorro Cordeiro de Sousa (UERN), Marília Cavalcante de Freitas Moreira (UERN)

Resumo


O artigo tem por objetivo analisar processos argumentativos em discursos sobre o assassinato de uma criança, ocorrido em 1943, que passou a fazer parte da história de Milagres/CE. O corpus é constituído por depoimentos feitos por pessoas da sociedade civil e pelo acusado do crime. O aporte teórico advém da Nova Retórica (PERELMAN, OLBRECHTS-TYTECA, 2014). Como resultados, observamos, no discurso do acusado, a tese de que é inocente, não tendo assassinado a criança, e, nos discursos das pessoas da sociedade, a tese de que o acusado é o culpado. Além disso, a religiosidade da população se apresenta no topo da hierarquia de valores que envolve o acontecimento, sendo a criança assassinada considerada santa.


Referências


ABREU, A. S. A arte de argumentar: gerenciando razão e emoção. São Paulo: Ateliê Editorial, 2006.

ALVES, M. L; SOUZA, G. S. de. Na tensão de vozes, a (re)velação de imagens: o ethos de estudantes de letras em relatórios de estágio. Diálogo das Letras, Pau dos Ferros, v. 02, n. 1, p. 125 – 146, jan./jun. 2013.

BRASIL. República Federativa do Brasil. Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República (PM-PR). Prêmio construindo a igualdade de gênero. Brasília/DF, 2015

CEARÁ. Estado do Ceará. República Federativa do Brasil. Museu do Poder Judiciário. Fortaleza: Tribunal de Justiça do Estado do Ceará, 2016.

PAPA, I. A. W. Os recursos de presença nos livros de auto-ajuda. Tese (Doutorado em Linguística e Língua Portuguesa) – Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências e Letras, Campus de Araraquara – SP, 2006.

PERELMAN, C.; OLBRESCHTS–TYTECA, L. Tratado de argumentação: a nova retórica. Tradução Maria Ermantina Galvão PEREIRA. 3. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2014.

REBOUL, O. Introdução à retórica. Tradução Ivone Castilho Benedetti. São Paulo: Martins Fontes, 2004.

SOUZA, G. S. de. O Nordeste na mídia: um (des)encontro de sentidos. 2003. 398 f. Tese (Doutorado em Linguística e Língua Portuguesa). Universidade Estadual Júlio de Mesquita Filho, Araraquara, 2003.

SOUZA, G. S. de. Argumentação no discurso: questões conceituais. In: FREITAS, Alessandra Cardozo de; RODRIGUES, Lílian de Oliveira; SAMPAIO, Maria Lúcia Pessoa (Orgs.). Linguagem, discurso e cultura: múltiplos objetos e abordagens. Pau dos Ferros: Queima Bucha, 2008.

SOUZA, G. S; SOUSA, M. S. C.; MOREIRA, M. C. F. A educação como espaço de superação de indiferença e discriminação social: argumentação e identidades em depoimento de uma professora universitária. Revista Identidade! (Online), v. 21, p. 80-90, 2016.

SOUZA, G. S. de; COSTA, R. L. da.; MOREIRA, M. C. de F. O que diz o egresso de um curso de Letras sobre sua formação: argumentação em discursos sobre o ensino superior. Diálogo das Letras, Pau dos Ferros, v. 06, n. 01, p. 387-404, jan./jun. 2017.

SOUZA, G. S; COSTA, R. L.; SÁ, D. M. C.; ALVES, M. L. As técnicas argumentativas em diferentes esferas da comunicação: proposta de análise em textos jornalísticos, lítero-musicais, jurídicos e acadêmicos. Revista Virtual de Estudos da Linguagem, v. 14, p. 142-164, 2016.

SOUZA, G. S; COSTA, R. L; BARBOSA JUNIOR, F. F. A argumentação em discursos sobre o ensino superior na UERN: sentidos que constituem o Campus de Pau dos Ferros. EID&A - Revista Eletrônica de Estudos Integrados em Discurso e Argumentação, v. 02, p. 63-75, 2012.

SOUZA, G. S; ALVES, M. L. Argumentação em discursos sobre formação superior e atuação na área de Letras: análise em relatórios de estágio supervisionado. Linha D'Água (Online), São Paulo, v. 29, n. 2, p. 271-293, dez. 2016.

SOUZA, G. S.; BEZERRA, L. M. D. (Org.). Estudos em argumentação na língua e no discurso. Diálogo das Letras, Pau dos Ferros, vol. 2, n. 1. 2013.

SOUSA, M. S. C. de A Argumentação no Ensino de Português: da produção à análise de artigos de opinião sobre o “caso Francisca do Socorro” em Milagres/CE. 147 f. Dissertação (Mestrado em Ensino). - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. Pau dos Ferros, 2017.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

 

 

Indexadores de Base de Dados (IBDs) 
Bases de periódicos com texto completo:



 

Outros Indexadores e Bancos de Dados:


Library of Congress

Sudoc - Système Universitaire de Documentation

Copac – United Kingdom

Bielefeld Academic Search Engine

CRUE / REBIUN - Catálogo de la Red de Bibliotecas Universitarias

 

Google Analytics UA-142181466-1

Macabéa – Revista Eletrônica do Netlli está avaliada no extrato B2, no QUALIS/CAPES - quadriênio 2013-2016, na área de LETRAS/LINGUÍSTICA.