DO PÍCARO ESPANHOL AO MALANDRO BRASILEIRO: PERCURSOS DO ANTI-HEROI

Betania Vasconcelos da Cruz Fraga (UEMS)

Resumo


Neste artigo, objetivamos estudar panoramicamente o percurso dos seguintes personagens: Lazarillo de Tormes (Lazarillo,1554), Leonardo (Memórias de um Sargento de Milícias, 1852-53), Macunaíma (Macunaíma, o herói sem nenhum caráter, 1928), Athualpa tio e sobrinho (Meu tio Atahualpa, 1972) e Tito da Mata (Fantoches, 1998). Partindo da picaresca clássica espanhola, com o personagem Lazarillo, visamos assinalar um percurso anti-heroico iniciado por esse personagem na Espanha do Século Ouro e continuado por outros protagonistas da ficção brasileira e que mantiveram algumas características do seu ancestral picaresco, além de incorporar também muitas inovações. Como suporte teórico, utilizamos as obras e estudos de Antonio Candido (1970), Roberto Da Matta (1997), Mario Miguel González (1988, 1992), Altamir Botoso (2010). Em síntese, foi possível observar que tanto pícaros quanto malandros são personagens que se estabelecem nas margens da sociedade e por meio de uma rebeldia individualista, confirmam e consagram uma posição anti-heroica nos textos ficcionais a que pertencem.


Referências


ANÔNIMO. Lazarilho de Tormes. São Paulo: Editora Scritta, 1992.

BOTOSO, Altamir. Do pícaro ao malandro uma poética da rebeldia. Bauru: Canal6, 2010.

BOTOSO, Altamir. A picaresca espanhola e o romance brasileiro da malandragem. Diálogo e interação, v. 3, 2010. Acesso em: 03 jun. 2017.

BOTOSO, Altamir. A recriação do pícaro na literatura brasileira: o personagem malandro. Letrônica, v. 4, n.1, p. 122-135, 2011.

CANDIDO, Antonio. Dialética da malandragem. Revista do Instituto de Estudos Brasileiros, n. 8, Universidade de São Paulo, 1970.

DA MATTA Roberto. Carnavais, malandros e heróis. 6. ed. Rio de Janeiro: Rocco, 1997.

ALMEIDA, Manuel Antonio de. Memórias de um Sargento de milícias. São Paulo: Ática, 2009.

ANDRADE, Mário de. Macunaíma, o herói sem nenhum caráter. Disponível em: http://bd.centro.iff.edu.br/bitstream/123456789/1031/1/Macuna%C3%ADma.pdf Acesso em: 03 jun. 2017.

CARVALHO Neto, Paulo de. Meu tio Atahualpa. Rio de Janeiro: Rocco, 1998.

GONZÁLEZ, Mario M. La novela neopicaresca brasileña. In: Cuadernos Hispanoamericanos, n. 504, Madrid, jun. 1992, p. 81-92.

GONZÁLEZ, Mario. O romance picaresco. São Paulo: Ática,1988.

LUKÁCS, Georg. A teoria do romance. São Paulo: Editora 34, 2015.

REY MARCOS. Fantoches. São Paulo: Ática, 1998.

SCHÜLER, Donaldo. Teoria do Romance. São Paulo: Ática, 1989.

Disponível em: Acesso em: 03 jun. 2017.


Texto completo: PDF

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

 

 

Indexadores de Base de Dados (IBDs) 
Bases de periódicos com texto completo:




Outros Indexadores e Bancos de Dados:


Library of Congress

Sudoc - Système Universitaire de Documentation

Copac – United Kingdom

Bielefeld Academic Search Engine

CRUE / REBIUN - Catálogo de la Red de Bibliotecas Universitarias

 

Google Analytics UA-142181466-1

Macabéa – Revista Eletrônica do Netlli está avaliada no extrato B2, no QUALIS/CAPES - quadriênio 2013-2016, na área de LETRAS/LINGUÍSTICA.