O ESTILO GROTESCO NO FILME FAUSTO, DE ALEKSANDR SOKUROV

Bruno Leal Piva (UNL)

Resumo


Este artigo vem relacionar a obra clássica alemã Doutor Fausto, no contexto sócio-histórico e literário do autor Christopher Marlowe e de Johann W. Goethe, ao filme Fausto do contemporâneo Aleksandr Sokurov, realizando uma abordagem sobre o uso do estilo grotesco no decorrer de toda a película citada. O grotesco insere-se como um traço literário e estilístico, a partir de todo o enredo, personagens, ações e expressões estabelecidos durante a trama.


Palavras-chave


Fausto; Grotesco; Sokurov; Goethe, Renascentismo e Romantismo.

Texto completo: PDF

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

 

 

Indexadores de Base de Dados (IBDs) 
Bases de periódicos com texto completo:




Outros Indexadores e Bancos de Dados:


Library of Congress

Sudoc - Système Universitaire de Documentation

Copac – United Kingdom

Bielefeld Academic Search Engine

CRUE / REBIUN - Catálogo de la Red de Bibliotecas Universitarias

 

Google Analytics UA-142181466-1

Macabéa – Revista Eletrônica do Netlli está avaliada no extrato B2, no QUALIS/CAPES - quadriênio 2013-2016, na área de LETRAS/LINGUÍSTICA.