LINGUÍSTICA SISTÊMICO-FUNCIONAL: CONTEXTOS, USOS E SIGNIFICADOS

Maria Medianeira de Souza (UFPE), Wellington Vieira Mendes (UERN)

Resumo


Este texto apresenta os principais pressupostos/concepções que orientam a Linguística Sistêmico-Funcional (LSF) e sua abordagem teórico-epistemológica para estudo da natureza dos usos e mudança a que as línguas estão suscetíveis, buscando explicitar suas motivações e descrever os dispositivos responsáveis pela manifestação desses usos. O trabalho recorre à obra de Halliday e Matthiessen (2014), bem como àqueles que dela derivam, e discute esses pressupostos a partir de pesquisas desenvolvidas a partir da orientação dessa vertente funcionalista. À guisa de considerações, a proposta apresentada deve indicar a viabilidade e as possibilidades de emprego da LSF, visto ser suficientemente adequada à descrição do funcionamento e do potencial das línguas naturais.


Referências


DANTAS DA SILVA, L. F. Os processos mentais da Gramática Sistêmico-Funcional em textos a respeito do campus da UERN em Pau dos Ferros/RN. Dissertação de mestrado. Pau dos Ferros: UERN, 2019.

FURTADO DA CUNHA, M. A.; SOUZA, M. M. Transitividade e seus contextos de uso. 2a. Ed. São Paulo: Cortez, 2011.

FUZER, C.; CABRAL, S. R. S. (orgs.). Introdução à gramática sistêmico-funcional em língua portuguesa. Santa Maria: UFSM, 2010.

GHIO, E.; FERNANDEZ, M. D. Linguística sistémico-funcional: aplicaciones a la lengua espanola. Santa Nacional del Litoral/Wadhuter Editores, 2008.

HALLIDAY, M. A. K. An Introduction to Functional Grammar. London: Edward Arnold, 1985.

HALLIDAY, M. A. K. Explorations in the functions of language. London: Edward Arnold, 1973.

HALLIDAY, M. A. K. Language as social semiotic: the social interpretation of language and meaning. London: Edward Arnold, 1978.

HALLIDAY, M. A. K. On Language and linguistics, Volume 3 of The collected works of M.A.K. Halliday edited by Jonathan J. Webster. London & New York: Continuum, 2003.

HALLIDAY, M. A. K. The spoken language corpus: a foundation for gramatical theory. In: AIJMER, K. & ALTENBERG, B. (eds) Proceedings of ICAME 2002: The theory and use of corpora, Göteborg 22–26 May 2002. Amsterdam: Editions Rodopi, 2002.

HALLIDAY, M. A. K.; MARTIN, J. R. Writing science: literacy and discursive power. London: Falmer, 1993.

HALLIDAY, M. A. K.; MATTHIESSEN, C. M. I. M. Construing experience through meaning: a Language-based Approach to Cognition. London/New York: Continuum Publishing Group, 1999.

HALLIDAY, M. A. K.; MATTHIESSEN, C. M. I. M. Introducion to Functional Grammar. London: Arnold, 2014.

HALLIDAY, M. A. K; HASAN, R. Language, context and text: a social semiotic perspective. Geelong, Vic.: Deakin University Press, 1985.

LUTERO, M. Obras selecionadas: o programa da Reforma – escritos de 1520. 3 ed. São Leopoldo; Porto Alegre: Concordia; Canoas: ULBRA, 2015.

MARTIN, J. R. English text: system and structure. Amsterdam: Benjamins, 1992.

MARTIN, J. R. Life as a noun. In: HALLIDAY, M. A. K.; MARTIN, J. R. Writing science: literacy and discursive power. London: Falmer, 1993, p. 221–267.

MATTHIESSEN, C. M. I. M; TERUYA, K.; LAM, M. Key terms in systemic functional linguistics. London/New York: Continuum Publishing Group, 2010.

MENDES, W. V. A perspectiva sistêmico-complexa na relação com os estudos da linguagem: experiência com textos acadêmicos. Diálogo das Letras, v. 7, n. 1, p. 21-40, jan./abril, 2018.

MENDES, W. V. As circunstâncias e a construção de sentidos no blog. Dissertação de mestrado. Pau dos Ferros: UERN, 2010.

MENDES, W. V. Corpus da pesquisa os processos do dizer na produção científica dos graduandos em letras do CAMEAM. Pau dos Ferros: Faculdade de Letras e Artes/UERN, 2011. (Arquivo eletronico).

MENDES, W. V. Mecanismos de junção em textos acadêmicos: uma abordagem sistêmico-funcional. Tese de doutorado. Natal: PPGEL/CCHLA/UFRN, 2016.

SILVA, J. J. D. Um estudo sistêmico-funcional de orações com o verbo dar no português brasileiro. Tese de doutorado. Recife: UFPE, 2019.

SOUZA, M. M. Corpus da pesquisa o funcionamento dos processos verbais em artigos acadêmicos. Recife: Faculdade de Letras/UFPE, 2011. (Arquivo eletrônico).

SOUZA, M. M. Transitividade e construção de sentido no gênero editorial. Tese de doutorado. Recife: UFPE, 2006.

SOUZA, M. M.; MENDES, W. V. Uma análise sistêmico-funcional do dizer em artigos científicos de graduandos. D.E.L.T.A., São Paulo/RN, v. 28, n. esp., p. 537-560, 2012.

VIAN JR, O.; MENDES, W. V. O sistema de conjunção em textos acadêmicos: os mecanismos de sequenciamento e de explicação. Revista do Programa de Pós-graduação em Letras, Santa Maria, v. 25, n. 50, p. 163-186, jan./jun. 2015.


Texto completo: PDF

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

 

 

Indexadores de Base de Dados (IBDs) 
Bases de periódicos com texto completo:




Outros Indexadores e Bancos de Dados:


Library of Congress

Sudoc - Système Universitaire de Documentation

Copac – United Kingdom

Bielefeld Academic Search Engine

CRUE / REBIUN - Catálogo de la Red de Bibliotecas Universitarias

 

Google Analytics UA-142181466-1

Macabéa – Revista Eletrônica do Netlli está avaliada no extrato B2, no QUALIS/CAPES - quadriênio 2013-2016, na área de LETRAS/LINGUÍSTICA.