ALQUIMIA VERBAL: ESCRITURA E SILÊNCIO EM ARTHUR RIMBAUD

Moisés Carlos Amorim (UFMT), Diego Pinto Sousa (UNICAMP)

Resumo


A obra poética de Arthur Rimbaud eclodiu no século XIX por redimensionar não somente a literatura, mas também as instâncias peculiares da vida. Em Rimbaud, imprime-se uma linguagem que abandona a “instituição literatura” de modo radical, pois “a lei dela (grifo nosso) [da literatura], em princípio, é desafiar ou suspender essa lei” (DERRIDA, 2014, p. 49). Fugindo às regras do acabamento estético, do modelo canônico, a palavra do poeta transborda como um rastro significante para alcançar “um texto sem voz”, na compreensão de Derrida (1991, p. 58). O que aponta um avolumar-se no silêncio, cuja alquimia verbal reconhece os limites da significação ou mesmo da poesia realizada sob a égide do racionalismo. As obras - Uma Temporada no Inferno (1957) e Iluminações (1957) - demonstram aquilo que o jovem poeta buscava – a reinvenção do mundo, a ruptura com as formas estabelecidas da existência, o abandono de tudo que se agrega à literatura: a história, o sentimento, a política, o homem, a sociedade etc.). Neste artigo, a poética de Rimbaud, em sua escritura e silêncio, é refletida a partir de sua concepção de “alquimia do verbo”, bem como aportes teóricos de Barthes, Blanchot e Derrida. Esse conjunto de filtros teóricos apontam uma compreensão de uma suspensão imediata do sentido, como um devir constante, um (in)acabamento fugidio (différance derridiana), que perpassa e ultrapassa o signo.

Palavras-chave


Arthur Rimbaud; Alquimia verbal; Différance; Silêncio e abandono; Escritura.

Referências


ADORNO, Theodor. Notas de literatura I/Theodor W. Adorno; tradução e apresentação de Jorge M. B. de Almeida. São Paulo: Duas Cidades; Editora 34, 2012 (2ª edição). 176 p. (Coleção Espírito Crítico)

BARTHES, Roland. O grau zero da escrita: seguidos de novos ensaios críticos/Roland Barthes; tradução Mario Laranjeira. – 3ª ed. – São Paulo: Editora WMF Martins Fontes, 2016. – (Coleção Roland Barthes)

BAUDELAIRE, Charles. As flores do mal/Charles Baudelaire; tradução e notas de Ivan Junqueira. – Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1985.

BLANCHOT, Maurice. A parte do fogo/Maurice Blanchot; tradução de Ana Maria Scherer. – Rio de Janeiro: Rocco, 2011.

BLANCHOT, Maurice. O livro por vir/Maurice Blanchot; tradução Leyla Perrone-Moisés. – 2ª. ed. – São Paulo: Editora WMF Martins Fontes, 2013. – (Coleção biblioteca do pensamento moderno).

DERRIDA, Jacques. Margens da filosofia/Jacques Derrida; tradução Joaquim Torres Costa, Antônio M. Magalhães; revisão técnica Constança Marcondes Cesar. – Campinas, SP: Papirus, 1991.

DERRIDA, Jacques. Essa estranha instituição chamada literatura: uma entrevista com Jacques Derrida/Jacques Derrida; tradução Marileide Dias Esqueda. – Belo Horizonte: Editora UFMG, 2014.

PESSOA, Fernando. Poesia, 1902-1917/Fernando Pessoa: edição Manuela Parreira da Silva, Ana Maria Freitas, Madalena Dine. – São Paulo: Companhia das Letras, 2006.

PEYRE, Henri. A literatura simbolista/Henri Peyre; tradução de Maria Helena Nery Garcez e Maria Clara Rezende Teixeira Constantino. – São Paulo: Cultrix: Ed. Da Universidade de São Paulo, 1983.

RIMBAUD, Jean-Artur. Uma Temporada no Inferno (Une Saison en enfer) e Iluminações (Illuminations); tradução, introdução e notas de Lêdo Ivo. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1957.

RIMBAUD, Jean-Artur. Uma estadia no inferno/Poemas escolhidos/A carta do vidente; tradução de Daniel Fresnot feita a partir de Rimbaud/Oeuvres Completes. São Paulo: editora Martin Claret, 2003.


Texto completo: PDF () PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

 

 

Indexadores de Base de Dados (IBDs) 
Bases de periódicos com texto completo:



 

Outros Indexadores e Bancos de Dados:


Library of Congress

Sudoc - Système Universitaire de Documentation

Copac – United Kingdom

Bielefeld Academic Search Engine

CRUE / REBIUN - Catálogo de la Red de Bibliotecas Universitarias

 

Google Analytics UA-142181466-1

Macabéa – Revista Eletrônica do Netlli está avaliada no extrato B2, no QUALIS/CAPES - quadriênio 2013-2016, na área de LETRAS/LINGUÍSTICA.