DIALÉTICA ENTRE FINITUDE E AUTENTICIDADE NA TRAJETÓRIA BIOGRÁFICA DE IVAN ILITCH: UMA PROPOSTA DE LEITURA DA NOVELA 'A MORTE DE IVAN ILITCH', DE LIEV TOLSTÓI, A PARTIR DA ANALÍTICA ONTOLÓGICA HEIDEGGERIANA

Rafael Lucas Santos da Silva (UEM)

Resumo


O artigo propõe uma hipótese de leitura da narrativa “A morte de Ivan Ilitch” (1886), do escritor russo Liev Tolstói (1828-1910), a partir da analítica ontológica heideggeriana. Com base, especialmente, na categoria ser-para-a-morte, exposta na obra Ser e Tempo (1927), focaliza-se a trajetória problemática da biografia de Ivan Ilitch, com o objetivo de demonstrar que o discurso narrativo desta novela encontra-se sobredeterminado pelas instâncias discursivas da finitude e autenticidade, que se articulam de maneira orgânica e formam um esquema estético reflexivo sobre a consciência da finitude representar ao sujeito o enriquecimento axiológico de seu processo existencial. Diante dessa análise hermenêutico-fenomenológica, a abordagem da biografia do personagem Ivan Ilitch, como sujeito que morreu sem lograr uma singularidade autêntica, permitiu-nos discorrer acerca da vulnerabilidade do sentido da existência e a negação da finitude na cultura contemporânea.

Referências


ARIÈS, Philippe. História da morte no Ocidente: da Idade Média aos nossos dias. Tradução de Priscila Viana de Siqueira. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2012.

AUERBACH, Eric. Os tempos modernos. In:__. Introdução aos estudos literários. São Paulo: Cosac Naify, 2015, p. 287-372.

BEZERRA, Paulo. Alienação a auto-imolação em A morte de Ivan Ilitch. Fragmentos: Revista de Língua e Literatura Estrangeiras, Florianópolis, v. 21, n. 1, p. 137-149, ago. 2013.

BRYAN, Newton Antonio Paciulli. Rússia, século XIX: burocracia, modernização conservadora e emancipação dos servos. In:__. Educação, trabalho e tecnologia. Campinas: Ed. Alínea, 2015, p. 108-159.

CANDIDO, Antonio. Literatura de dois gumes. In: __. A educação pela noite. 5. ed. Rio de Janeiro: Ouro sobre azul, 2006, p. 199-221.

GIACÓIA, Oswaldo. Heidegger urgente: introdução a um novo pensar. São Paulo: Três estrelas, 2013.

HAUSER, Arnold. O romance social na Inglaterra e na Rússia. In:__. História Social da Arte e da Literatura. São Paulo: Martins Fontes, 1998, p. 831-887.

HEIDEGGER, Martin. Ser e tempo (Parte I). 15 ed. Petrópolis: Vozes, 2005a.

____. Ser e tempo (Parte II). 13 ed. Petrópolis: Vozes, 2005b.

____. O conceito de tempo. 2. ed. Lisboa: Fim de século, 2008.

INWOOD, Michael. Heidegger. São Paulo: Loyola, 2004.

LUKÁCS, Georg. Tolstói y la evolución del realismo. In:__. Ensayos sobre el realismo. Buenos Aires: Siglo Veinte, 1965, p. 163-263.

MACDOWELL, João Augusto Amazonas. A gênese da ontologia fundamental de Martin Heidegger: ensaio de caracterização do modo de pensar de Sein und Zeit. São Paulo: Loyola, 1993.

PEGORARO, Olinto Antonio. A historicidade do homem. In:__. Relatividade dos modelos: ensaios filosóficos. Petrópolis: Vozes, 1979a, p. 28-37.

____. Temporaridade e pro-dutividade. In:__. Relatividade dos modelos: ensaios filosóficos. Petrópolis: Vozes, 1979b, p. 38-48.

REALE, Giovanni. Martin Heidegger: da fenomenologia ao existencialismo. In:__. História da filosofia: do romantismo até nossos dias. 2. ed. São Paulo: Paulus, 1991, p. 581-592.

RICOEUR, Paul. Função hermenêutica do distanciamento. In:__. Interpretação e ideologias. 4. ed. Rio de Janeiro: F. Alves, 1990, p. 43-57.

ROSENFELD, Anatol. Reflexões sobre o romance moderno. In:__. Texto/Contexto I. 7. ed. São Paulo: Perspectiva, 2009, p. 75-98.

TOLSTÓI, Leon. A morte de Ivan Ilitch. Porto Alegre: L&PM, 2007.

WEBER, Max. A Política como Vocação. In: H. H. Gerth & Wright Mills (Orgs.). Max Weber: Ensaios de Sociologia. 2. ed. Rio de Janeiro: Zahar, 1979, p. 97-153.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

QUALIS/CAPES - quadriênio 2013-2016B2 - ÁREA DE LINGUÍSTICA E LITERATURA

 

Indexadores de Base de Dados (IBDs) 
Bases de periódicos com texto completo: