VARIAÇÃO SAZONAL DA QUALIDADE DA ÁGUA EM PESQUE PAGUE DO SEMIÁRIDO CEARENSE

William Santana Alves, Pedro Barbosa Silva, Hênio do Nascimento Melo Júnior

Resumo


Pesque e pague é uma modalidade de pesca realizada dentro de lagos, artificiais ou naturais. Com o presente trabalho foi avaliada, através de parâmetros limnológicos, a qualidade da água do pesque pague Quinta dos Lobos.  Nos dias 29 e 30 de novembro de 2013 (período seco) e 31 de janeiro e 01 de fevereiro de 2014 (período chuvoso), realizaram-se coletas e análises in loco dos seguintes parâmetros: temperatura, transparência, condutividade elétrica (CE), sólidos totais dissolvidos (STD), oxigênio dissolvido (OD), saturação de oxigênio e potencial hidrogeniônico (pH). Os dados foram testados estatisticamente através da ANOVA (teste de Tukey), e comparados aos valores da resolução do Conselho Nacional de Meio Ambiente nº 357/2005. Os valores médios obtidos para os parâmetros analisados relativos aos períodos seco e chuvoso foram respectivamente: temperatura (28,60 ± 1,01 ºC) e (28,52 ± 1,44 ºC); transparência (0,58 ± 0,08m) e (0,71 ±0,07 m); CE (841± 16,84 µS) e (425,11± 6,01 µS); STD (584,22 ± 14,18 ppm)  e (296,33 ± 4,24 ppm); OD (6,94 ± 1,20 mg/L) e (7,35 ± 1,23 mg/L); saturação de Oxigênio (92,69 ± 17,44%) e (96,62 ± 19,03%) e pH (8,04 ± 0,22) e (7,69 ± 0,46). Conforme a resolução do CONAMA os parâmetros estiveram adequados à prática da piscicultura, excetuando-se os sólidos totais dissolvidos na estação seca, com todos os valores acima dos limites legais. Houve diferença significativa entre período seco e chuvoso para os parâmetros: transparência, condutividade, sólidos totais dissolvidos e potencial hidrogeniônico, os demais parâmetros foram significativamente iguais.

 


Palavras-chave


Limnologia, sazonalidade, monitoramento e nictemeral

Texto completo: PDF


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .