A IMPORTÂNCIA DA CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS NA CLÍNICA GESTÁLTICA INFANTIL

Ana Fabrícia Vidal Parente, Tássia Lobato Pinheiro Belmino

Resumo


A contação de histórias se faz importante por auxiliar as crianças no descobrimento e enfrentamento do mundo que as rodeiam, a partir da criação de um mundo simbólico, onde se pode experienciar os mais diversos sentimentos e situações. A partir desse dado, objetivamos no presente trabalho apresentar a contribuição da contação de história na clínica gestáltica infantil, utilizando-se, de pesquisa bibliográfica, de método indutivo. Como resultado concluiu-se que as narrações populares são um método bastante efetivo dentro da clínica gestáltica infantil, facilitando, dentre outros processos, a projeção, o contato e a awareness.

 


Palavras-chave


Contação; Histórias; Gestalt-terapia; Clínica infantil

Texto completo: PDF

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .