PERFIL DE RESISTÊNCIA DOS MICRORGANISMOS ISOLADOS DE AMOSTRAS OBTIDAS DE PACIENTES INTERNADOS EM UNIDADE HOSPITALAR

Winnie Nogueira Maia Macedo, Gustavo de Oliveira Alencar, Wingrid Nogueira Maia Macedo, Magaly Mota Lima, Poliana Moreira de Medeiros Carvalho, Emanuela Machado Silva Saraiva

Resumo


Os antibióticos tem a finalidade de tratar infecções, com o uso indiscriminado e inadequado vem causando resistência pelos microrganismos, consequentemente tende a diminuir a eficácia da terapia medicamentosa. O objetivo do presente trabalho foi traçar o perfil de resistência dos microrganismos isolados de amostras obtidas de pacientes internados em um hospital de média complexidade da Região do Cariri cearense. Trata-se de um estudo retrospectivo, com abordagem quantitativa, realizado em junho de 2016. Dentre as 56 amostras obtidas dos pacientes internados na unidade hospitalar, verificou-se uma prevalência do sexo feminino, 73,2%. Foram selecionadas as amostras com resistência a quatro ou mais antimicrobianos testados, totalizando 25 (44,6%). Dentre os antibióticos testados, aqueles pelos quais os microrganismos isolados apresentaram maior resistência foram a ampicilina (56,0%), ceftriaxona (44,0%) e ciprofloxacino (40,0%). Portanto, a promoção do uso racional dos antimicrobianos se faz necessária para que haja uma contenção do avanço da resistência bacteriana ao arsenal terapêutico disponível atualmente.


Palavras-chave


Âmbito Hospitalar. Antibióticos. Resistência Microbiológica.

Texto completo: PDF

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .