A MÚSICA COMO INSTRUMENTO DE INTERVENÇÃO PSICOPEDAGÓGICA EM CRIANÇAS COM TRANSTORNO DO ESPECTRO AUTISTA

Eidson Lima Damasceno, Edivaldo Xavier da Silva Júnior

Resumo


O presente estudo traz a proposta de utilizar a música como instrumento psicopedagógico no atendimento de crianças com Transtorno do Espectro Autista – TEA, um transtorno que afeta principalmente as habilidades de linguagem, interação social e comportamento que são essenciais para a construção de aprendizagens, sobretudo em idade escolar. O principal objetivo do estudo foi identificar os fundamentos educacionais e psicoterápicos da música no atendimento psicopedagógico de crianças com TEA. Utilizou-se como fonte de pesquisas artigos, livros, documentos oficiais, entre outros, dando preferência aos artigos publicados entre o ano 2013 e 2017, o que caracteriza a pesquisa como sendo bibliográfica. Os resultados deste estudo mostram que utilizar a música no atendimento psicopedagógico é possível e benéfico às crianças autistas devido os importantes estímulos neurais que a música provoca, gerando como consequência potencialidades para aprendizagens e redução no quadro de habilidades em déficit, além de proporcionar a inclusão da criança com TEA no espaço regular de ensino.

Palavras-chave: Transtorno do Espectro Autista. Música. Psicopedagogia. Inclusão escolar


Palavras-chave


Transtorno do Espectro Autista. Música. Psicopedagogia. Inclusão escolar

Texto completo: PDF


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .