A CIRCULAÇÃO DE BENS SIMBÓLICOS: ANÁLISE PRELIMINAR DE CULTOS NAS IGREJAS NEOPENTECOSTAIS EM JUAZEIRO DO NORTE

Clécio Jamilson Bezerra dos Santos, Renata Marinho Paz

Resumo


O objetivo desta pesquisa é analisar o agenciamento de bens simbólicos nos rituais das igrejas neopentecostais presentes em Juazeiro do Norte. Pretende-se investigar as formas de produção, a origem e o trajeto dos bens simbólicos, assim também como o seu agenciamento nos cultos,e como são percebidos e reapropriados pelas pessoas que buscam essas igrejas. As estratégias rituais de emprego e utilização dos objetos nos cultosvisam atender, através da oferta de serviços e bens, às demandas do mercado religioso, provenientes da busca pela demarcação de território e ampliação dos espaços no campo religiosojuazeirense que, no caso em tela, é hegemonicamente católico. Inicialmente, estão sendo realizadas leituras referentes ao tema e, simultaneamente, visitas às igrejas para observação dos cultos. Serão realizadas entrevistas semi-estruturadas com lideranças religiosas e fieis visando compreender a percepção deles em torno dessa circulação. Será elaborado um quadro de análise que relaciona objetos, igrejas e cultos,objetivando estabelecer uma visão mais geral sobre as apropriações, as bricolagens e o emprego dos bens simbólicos nas estratégias rituais presentes nos cultos. A pesquisa iniciou-se recentemente,porém, a partir dos resultados preliminares, é possível verificar que há uma relação bastante peculiar entre as práticas de produção e agenciamento dos bens simbólicos e a ascensão das igrejas neopentecostais em meio à diversidade religiosa e a hegemonia católica na cidade. As práticas que essas igrejas realizam possuem ação efetiva de apropriação, de diversas formas, não só dos bens simbólicos, mas também do sistema de crenças e práticas de outras religiões, notadamente a católica e as de matriz afro. Este universo, a partir dos agenciamentos, está constantemente se reajustando, os bens não possuem lugar fixo e são manejados, através das estratégias rituais, sempre que postos à oferta no mercado religioso.


Palavras-chave


Neopentecostalismo, Bens simbólicos, Rituais, Mercado religioso

Texto completo: PDF

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .