ANÁLISE QUALI – QUANTITATIVA DO PROJETO “PRIMEIRO, APRENDER”: AVANÇOS E DESAFIOS PARA O PROCESSO DE ENSINO E APRENDIZAGEM

Maria Eliana Vieira Figueiroa, Cícero Magébio Gomes Torres, Sônia Romero de Souza, Irani Campos Marchiori

Resumo


O presente trabalho apresenta uma discussão sobre o processo de ensino e aprendizagem referente aos desmembramentos do Projeto “Primeiro, Aprender” lançado pela Secretaria da Educação (SEDUC), em 2008, nas escolas públicas estaduais do Estado do Ceará, sob o lema “Ler bem para aprender pra valer”. O objetivo deste trabalho consiste em analisar os avanços e desafios do projeto no segundo ano do ensino médio. A metodologia utilizada para alcançarmos os objetivos da presente pesquisa, consistiu no paradigma crítico – dialético desenvolvido numa abordagem quali - quantitativa, nível descritivo, exploratório e de campo. Ao analisarmos os dados coletados, pudemos perceber que 67% dos alunos são oriundos da zona urbana e que 33% dos alunos são da zona rural. 2% dos alunos tinham idades inferiores a 14 anos, sendo que 22% possuíam idades entre 14 e 17 anos e 76% com faixa etária acima de 17 anos. Deste universo, 20% dos alunos concordam que o projeto fornece uma aprendizagem significativa o qual melhora a compreensão dos conteúdos abordados, 58% dos alunos afirmam que o projeto, em relação ao ensino e aos conteúdos que são trabalhados, são estritamente simples quando comparado ao livro didático convencional, destacam que a linguagem apresentada pelo material é simples, o qual estimula o aluno a acomodar-se em relação a novos conceitos científicos, 20% dos alunos se absterão em relação a este item. Contudo, percebe-se que o projeto em muito precisa melhorar em relação à forma, ao planejamento, a metodologia, linguagem conceitos científicos e dimensões técnicas.

Palavras-chave


Primeiro Aprender. Ensino. Aprendizagem

Texto completo: PDF ()


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .