A GYMNASTICA E A HYSTERIA FEMININA NO JORNAL A PROVÍNCIA DE SÃO PAULO (1870-1930)

Ariza Maria Rocha, Ana Cristina Linard Macêdo

Resumo


Esta comunicação tem o objetivo de apresentar os discursos veiculados no jornal A Província, atualmente denominado de Estado de São Paulo, no período de 1870-1930, sobre o papel da gymnastica na prevenção da hysteria feminina. Por esse caminho, foram selecionadas, a partir do acervo do referido periódico, as matérias sobre a temática. Em seguida, foram realizadas a quantificação e a categorização por décadas. Por fim, recorreu-se à análise do conteúdo e à organização do material colhido, a partir do pensamento de Freud. No citado recorte histórico, foram encontradas 250 matérias que tratavam da hysteria, entre artigos, documentos oficiais, anúncios e notícias de crimes. Entre elas, foram encontrados registros da gymnastica na prevenção de tal doença. A gymnastica era uma das soluções apontadas pelos higienistas e, como tal, era defendida sua inclusão nas escolas femininas.

 

DOI:  http://dx.doi.org/10.14295/cad.cult.cienc.v14i2.898


Palavras-chave


Hysteria. Gymnastica. Movimento Higienista

Texto completo: PDF

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .