OS ENTRELACES DO NARRAR E DO ANIMISMO: UMA LEITURA DE “AFINAL, CARLOTA GENTINA NÃO CHEGOU DE VOAR?”, DE MIA COUTO

Ana Luísa Braga Cabral (UEL)

Resumo


O presente artigo objetiva analisar o complexo narrador do conto Afinal, Carlota Gentina não chegou de voar?, de Mia Couto, parte de seu livro Vozes anoitecidas. Para tal, pretendeu-se focar nas relações e nos entrecruzamentos feitos pelo animismo do personagem-narrador para com o ato de narrar e em como o encontro dessas duas instâncias moldam o ser desse protagonista. Além disso, buscou-se compreender o processo que o narrar percorre pela subjetividade do personagem em questão. Para tanto, tais análises advieram à luz de teóricos como Adorno (2003; 2009), Arrigucci Junior (1998) e Benjamin (1994).

PALAVRAS-CHAVE: Narrador. Animismo. Mia Couto.


Referências


ADORNO, Theodor. Posição do narrador no romance contemporâneo. In: ______. Notas de literatura I. São Paulo: Editora 34, 2003. p. 55-63.

ADORNO, Theodor. Dialética negativa. Tradução de Marco Antonio Casanova. Rio de Janeiro: J. Zahar, 2009.

ARRIGUCCI JR., Davi. Teoria da narrativa: posições do narrador. Jornal de Psicanálise, São Paulo, v. 31, n. 57, p. 9-43, set. 1998.

BENJAMIN, Walter. O narrador. In: ______. Magia e técnica, arte e política. Tradução de Sérgio Rouanet. São Paulo: Brasiliense, 1994. p. 197-211.

COUTO, Mia. Afinal, Carlota Gentina não chegou de voar?. In: ______. Vozes anoitecidas. São Paulo: Companhia das Letras, 2013. p. 45-51.

FREUD, Sigmund. Animismo, magia e onipotência de pensamentos. In: ______. Totem e tabu. Tradução de Paulo Sérgio de Souza. São Paulo: Companhia das Letras, 2013. p. 121-154.

LYOTARD, Jean-François. O pós-moderno. Tradução de Ricardo Correia Barbosa. 2. ed. Rio de Janeiro: José Olympio, 1986.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

QUALIS/CAPES - quadriênio 2013-2016B2 - ÁREA DE LINGUÍSTICA E LITERATURA

 

Indexadores de Base de Dados (IBDs) 
Bases de periódicos com texto completo: