“TIRE O SEU PIERCING DO CAMINHO QUE EU QUERO PASSAR”: O DISPOSITIVO PODER-SABER SOBRE O SUJEITO MODERNO EM ZECA BALEIRO

Anísio Batista Pereira (UFU/FAPEMIG), Maurício Divino Nascimento Lima (UFG)

Resumo


O presente trabalho tem por objetivo refletir sobre o sujeito materializado no discurso da canção Piercing, de Zeca Baleiro, músico integrante da Música Popular Brasileira (doravante MPB). Como recorte teórico-metodológico para a análise, amparamo-nos em postulados da Análise do Discurso de vertente francesa, mais precisamente nos conceitos de sujeito, discurso, poder e subjetividade, que se apresentam em Michel Foucault. Pela leitura do corpus, é possível detectar um sujeito que se constitui no contexto das práticas discursivas atuais, pelo consumismo, individualismo e resistência. Evidencia-se a estratégia poder-saber, levando em consideração a ordem discursiva condizente com a atualidade, uma vez que o sujeito se constitui, na perspectiva do suporte teórico-metodológico adotado, a partir de suas relações de poder e saber atravessadas pela história.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

QUALIS/CAPES - quadriênio 2013-2016B2 - ÁREA DE LINGUÍSTICA E LITERATURA

 

Indexadores de Base de Dados (IBDs) 
Bases de periódicos com texto completo: