Os verbos botar e colocar em Salvador e Porto Alegre: um estudo variacionista nos dados do Atlas Linguístico do Brasil

Cassio Murilio Alves de Lavor, Vinicius da Silva Vieira, Aluiza Alves de Araújo

Resumo


Com base nos pressupostos teórico-metodológicos da Sociolinguística Variacionista (LABOV, 2008; WEINREICH; LABOV; HERZOG, 2006), este trabalho objetiva analisar a variação entre as formas verbais botar e colocar, no sentido de pôr, nos falares de Salvador, capital da Bahia, e de Porto Alegre, capital do Rio Grande do Sul, a partir de dados extraídos do Atlas Linguístico do Brasil (ALiB). A amostra compôs-se de 16 informantes estratificados por sexo, faixa etária, escolaridade e localidade. A pesquisa contou com três rodadas de análise: uma geral com as duas capitais, uma só com Salvador e outra só com Porto Alegre. Das sete variáveis independentes controladas na rodada geral, apenas os grupos de fatores tópico discursivo e escolaridade foram selecionados como relevantes para o verbo botar. A análise, neste estudo, levou-nos a concluir que o uso do verbo botar é frequente nos dados examinados, sobrepondo-se à sua variante concorrente colocar. Não obstante ocorrer em menor número, a variante colocar também se mostrou frequente, com 33,5% das ocorrências totais.


Referências


BARRETO, Krícia Helena; OLIVEIRA, Nathália Felix de; LACERDA, Patrícia Fabiane Amaral da Cunha. A variação dos verbos colocar e botar na modalidade oral. Via Litterae, Anápolis, v. 4, n. 1, p. 77-95, jan./jun. 2012. Disponível em: http://www2.unucseh.ueg.br/vialitterae/assets/files/volume_revista/vol_4_num_1/Via_Litterae_4-1_2012_6-KRICIA_BARRETO--NATHALIA_OLIVEIRA--PATRICIA_LACERDA_Variacao_colocar_e_botar.pdf. Acesso em: 10 maio 2019.

BORTONI-RICARDO, Stella Maris. Educação em língua materna: a sociolinguística na sala de aula. São Paulo: Parábola, 2004.

CARMO, Debora Lopes; ARAÚJO, Aluiza Alves de. Os verbos botar e colocar no falar culto de Fortaleza: uma fotografia Sociolinguística. Web-Revista Sociodialeto, Campo Grande, v. 6, n. 16, p. 282-297, jul. 2015. Disponível em: http://sociodialeto.com.br/edicoes/21/18112015102622.pdf. Acesso em: 26 dez. 2017.

COELHO, Izete Lehmkuhl et al. Para Conhecer Sociolinguística. São Paulo: Contexto, 2015. (Coleção para conhecer linguística).

COMITÊ NACIONAL DO PROJETO ALIB. Atlas linguístico do Brasil: questionário 2001. Londrina: Ed. UEL, 2001. 47 p.

FISHER, John L. Social influences on the choice of linguistic variant. Word, New York, n. 14, p. 47-56, 1958. Disponível em: https://web.stanford.edu/~eckert/PDF/fischer1958.pdf. Acesso em: 14 maio 2019.

GUY, Gregory Rui; ZILLES, Ana. Sociolinguística Quantitativa: instrumental de análise. São Paulo: Parábola Editorial, 2007.

LABOV, William. Padrões sociolinguísticos. Tradução de Marcos Bagno, Maria Marta Pereira Scherre, Caroline Rodrigues Cardoso. São Paulo: Parábola Editorial, 2008.

LAVOR, Cassio Murilio Alves de. Uma fotografia sociolinguística da variação dos verbos botar e colocar no falar de Fortaleza-CE. 2018. 144f. Dissertação (Mestrado em Linguística Aplicada) – Programa de Pós-Graduação em Linguística Aplicada, Universidade Estadual do Ceará, Fortaleza, 2018. Disponível em: http://www.uece.br/posla/dmdocuments/DISSERTA%C3%87%C3%83O_CASSIO%20MURILIO%20ALVES%20DE%20LAVOR.pdf. Acesso em: 14 maio 2019.

______; ARAÚJO, Aluiza Alves de; VIANA, Rakel Beserra de Macedo. Uma fotografia sociolinguística dos verbos botar, colocar e pôr em Alagoas, Ceará e Piauí a partir de dados do ALiB. Polifonia, Cuiabá, v. 25, n. 37, p. 171-310, jan./abr. 2018. Disponível em: http://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/polifonia/article/viewFile/6111/pdf. Acesso em: 14 maio 2019.

PRODANOV, Cleber Cristiano; FREITAS, Ernani Cesar de. Metodologia do trabalho científico [recurso eletrônico]: métodos e técnicas da pesquisa e do trabalho acadêmico. 2. ed. Novo Hamburgo: Freevale, 2013.

SCHERRE, Maria Marta Pereira. Introdução ao Pacote VARBRUL para microcomputadores. Brasília: UNB, 1993.

TARALLO, Fernando. A pesquisa sociolinguística. 5. ed. São Paulo: Ática,1997.

VOTRE, Sebastião Josué. Relevância da variável escolaridade. In: MOLLICA, Maria Cecilia; BRAGA, Maria Luiza (Org.). Introdução à Sociolinguística: o tratamento da variação. São Paulo: Contexto, 2003. p. 51-57.

WEINREICH, Uriel; LABOV, William; HERZOG, Marvin I. Fundamentos empíricos para uma teoria da mudança linguística. Tradução de Marcos Bagno. São Paulo: Parábola Editorial, 2006.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

QUALIS/CAPES - quadriênio 2013-2016B2 - ÁREA DE LINGUÍSTICA E LITERATURA

 

Indexadores de Base de Dados (IBDs) 
Bases de periódicos com texto completo: