Análise do disco Orós (1977), de Fagner: uma perspectiva comparativa mediante a lírica de Camões a partir do soneto Alma minha gentil, que te partiste

Amélia Maria Tenório Calado, Paulo Rafael Alves Silva

Resumo


Este trabalho analisa o quarto disco lançado por Fagner na década de 70, Orós. A análise foi baseada nos aspectos estruturais, estilísticos e sonoros das composições presentes no referido LP. Considerando-se, pois, as características gerais do gênero Udigrudi Nordestino, foi-se delimitado para objeto de análise o estilo sonoro psicodélico, de modo que foi apontado em quais das faixas musicais este foi utilizado. Ademais, o disco Orós foi associado a poesia lírica de Luís Vaz de Camões, a partir dos significados encontrados no soneto Alma minha gentil, que te partiste. Cabe salientar que esta pesquisa está fundamentada na perspectiva teórica de Silva (2006), Bosco (2007), Vicente (2007), Albuquerque Júnior (2009), Luna (2010), Moisés (2013), Saraiva (2014) e Melo et al (2016). Com base nisso, os resultados sugerem que a lírica camoniana é encontrada nos significados das letras das canções que constituem o trabalho de Fagner.


Referências


ALBUQUERQUE JÚNIOR, Durval Muniz de. A invenção do Nordeste e outras artes. 4.ed. São Paulo: Cortez, 2009.

BING. Disco Orós. Disponível em: https://www.bing.com/videos/search?q=disco+oros+fagner&&view=detail&mid=36731A2F611D5B0E69AF36 731A2F611D5B0E69AF&&FORM=VRDGAR/. Acesso em: 10/06/2019.

BOSCO, Francisco. Cinema-canção. Lendo música. São Paulo, Publicafolha, 2007.

CAMARILHA DOS QUATRO. Fagner – Orós (1997; CBS, Brasil). Disponível em: https://camarilhadosquatro.wordpress.com/2008/07/21/fagner-oros-1977-cbs-brasil/. Acesso em: 18/06/2019.

CAMÕES, Luís Vaz de. Sonetos. 3.ed. São Paulo: Martin Claret, 1999.

FAGNER, Raimundo. Orós. Columbia Records, 1997. Disponível em: https://www.letras.mus.br/fagner/discografia/oros-1977/. Acesso em: 10/06/2019.

GOLDSTEIN, Norma. Versos, sons, ritmos. 13.ed. São Paulo: Ática, 2005.

LUNA, João Carlos de O. O Udigrudi da Pernambucália: história e música no recife. Dissertação – Mestrado, Recife, Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, 2010.

MELO et al. Paêbiru: o Psicodelismo Nordestino deu Cria. Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XVIII. Caruaru-PE, 2016. p. 1-15. Disponível em: https://www.academia.edu/27517331/Paêbirú/O/Psicodelismo/Nordestino/deu/Cria/. Acesso em: 18/06/2019.

MOISÉS, Massaud. A literatura portuguesa. 37. ed. São Paulo: Cultrix, 2013.

SILVA, Gislene Maria. Era uma vez um homem e o seu tempo: aspectos éticos e estéticos na lírica de Belchior. Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea, n. 27. p. 103-135, 2006.

A VOZ DA SERRA. Udigrudi: a música psicodélica do Nordeste. Disponível em: http://acervo.avozdaserra.com.br/colunas/discopedia/udigrudi-musica-psicodelica-do-nordeste/. Acesso em: 20/06/2019.

VICENTE, Kyldes Batista. Literatura Portuguesa I. Palmas: Fundação Universidade do Tocantins – UNITINS, 2007. 108 p. Disponível em: https://texsituras.files.wordpress.com/2010/02/633397247164792625_literaturaportuguesai.p df. Acesso em: 16/06/2019.

SARAIVA, Daniel Lopes. Vento Nordeste: A explosão música popular Nordestina nas décadas 1970 e 1980 através da memória de Terezinha de Jesus. Anais do II Seminário Internacional História do Tempo Presente. Florianópolis-SC. 2014. p. 1-15. Disponível em: http://eventos.udesc.br/ocs/index.php/STPII/tempopresente/paper/viewFile/128/68/ Acesso em: 21/06/2019.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

QUALIS/CAPES - quadriênio 2013-2016B2 - ÁREA DE LINGUÍSTICA E LITERATURA

 

Indexadores de Base de Dados (IBDs) 
Bases de periódicos com texto completo: