O trabalho de ensino de LE para não videntes: construindo pontes

Renata Ferreira Sousa

Resumo


O presente trabalho tem como objetivo investigar a fala de uma professora de Inglês como Língua estrangeira (LE), observando como ela constrói um meio de aprendizagem favorável para seus alunos com deficiência visual, e como ela constrói a si mesma enquanto professora. Assim, o foco de análise repousa na representação que a professora tem de si e de seus alunos. A fundamentação teórica consiste dos estudos oriundos do Interacionismo sociodiscursivo, através de autores como Bronckart (2009) e Machado (2007; 2009). Já o método de geração dos dados é o da instrução ao sósia. Os resultados apontam que a professora constrói um espaço de aprendizagem em que ela divide a responsabilidade de seu fazer pedagógico com seus alunos.

Palavras-chave: Ensino de LE para não videntes. Representação. ISD. Entrevista de instrução ao Sósia.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

QUALIS/CAPES - quadriênio 2013-2016B2 - ÁREA DE LINGUÍSTICA E LITERATURA

 

Indexadores de Base de Dados (IBDs) 
Bases de periódicos com texto completo: