DE PAISAGENS PASTORAIS PARA ESCURIDÃO ATERRORIZANTE: ESPAÇO E SUBJETIVIDADE EM THE MYSTERIES OF UDOLPHO

Natália Prado (UFSM)

Resumo


O final do século XVIII na Inglaterra foi marcado pelo início da consolidação de um novo gênero literário, o romance. Este gênero já se destacava na época pela participação significativa das mulheres, tanto como leitoras como escritoras. Este fato foi provavelmente encorajado, entre outros aspectos, pela Revolução Industrial que reorganizou e mudou inúmeros aspectos da vida doméstica e conjugal. Neste contexto, o Romance Gótico foi um dos tipos de romance mais populares e Ann Radcliffe, a romancista mais renomada. Esse artigo discute The Mysteries of Udolpho (1794), quarto livro escrito por Radcliffe, com foco na análise do espaço. O espaço é apresentado e descrito em detalhe ao longo da narrativa, o que evidencia sua importância neste romance. Os dois tipos de espaço, doméstico e externo, são analisados a fim de compreendermos a sua função neste romance.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

QUALIS/CAPES - quadriênio 2013-2016B2 - ÁREA DE LINGUÍSTICA E LITERATURA

 

Indexadores de Base de Dados (IBDs) 
Bases de periódicos com texto completo: