O ESTRANHO E O DUPLO NA LITERATURA FANTÁSTICA DE LYGIA FAGUNDES TELLES

Ana Gleysce Moura Brito (URCA)

Resumo


Este artigo propõe uma abordagem dos elementos que caracterizam a obra “Mistérios”, de Lygia Fagundes Telles, como pertencente à literatura fantástica. A coletânea Mistérios é composta por 19 contos, dos quais optamos pela análise de “O encontro”, em que destacamos elementos e temas que sustentam o status de Lygia Fagundes Telles como escritora de contos fantásticos. Para tanto, partimos das contribuições de Freud sobre o estranho em literatura e do estudo de Todorov sobre o fantástico.


Texto completo: PDF PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

QUALIS/CAPES - quadriênio 2013-2016B2 - ÁREA DE LINGUÍSTICA E LITERATURA

 

Indexadores de Base de Dados (IBDs) 
Bases de periódicos com texto completo: