WORTHY SINNER: GENDER PERFORMANCE AND THE WILL TO REDEMPTION

Ana Carolina Tavares Meira Lima

Resumo


O objetivo do presente artigo é investigar elementos de teatricalidade presentes na obra East Lynne, romance de sensação escrito por Ellen Wood. Através da análise dos atos pecaminosos, seguidos, pela busca de redenção da protagonista, é possível perceber a influência de valores Cristãos e Medievais, seja por meio da punição corporal, morte e perdão. No tocante ao aporte teórico utilizado a fim de fundamentar a discussão proposta, utilizou-se conceitos propostos por Litvak (1992) e Voskuil (2004) referentes à teatricalidade da sociedade Vitoriana. Sabe-se que a literatura de conduta da época prescrevia determinadas atuações sociais, que condiziam com elementos teatrais. Assim, buscou-se estabelecer uma comparação entre o comportamento da protagonista e o conteúdo de manuais de conduta da época para as jovens (STICKNEY ELLIS, 1839; PATMORE, 1891). Destarte, verificou-se a partir de uma leitura minuciosa, uma correlação entre valores medievais do Cristianismo, presente na literatura de conduta, e a teatricalidade de gênero imposta às mulheres pela sociedade Vitoriana. Ao longo da narrativa, a protagonista desconstrói os valores familiares, não praticando a performance feminina que lhe foi cabida. Como consequência, Isabel é punida fisicamente, sofrendo de constante dor que a lembra de seus atos pecaminosos, havendo a remissão de seus pecados apenas com a morte. Através da punição da protagonista, há um reforço da importância em respeitar as regras sociais, a fim de evitar um trágico fim, atuando assim tal romance de sensação como um manual de conduta para seus leitores.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

QUALIS/CAPES - quadriênio 2013-2016B2 - ÁREA DE LINGUÍSTICA E LITERATURA

 

Indexadores de Base de Dados (IBDs) 
Bases de periódicos com texto completo: