A RESPONSIVIDADE EM UM PROCESSO FORMATIVO DOCENTE

Marilúcia dos Santos Domingos Striquer (UENP), Bárbara Adriano da Silva (UENP)

Resumo


Este artigo tem como objetivo investigar quais os níveis de responsividade que se estabelecem em um processo formativo para docentes em formação inicial participantes de um projeto de ensino vinculado ao Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID). A premissa, norteada pelos pressupostos bakhtinianos, é a de que o que se espera, sobretudo, daqueles que participam de um processo de formação é uma atitude responsiva ativa, uma vez que a responsividade é um elemento constitutivo do dialogismo. Os resultados revelam uma compreensão superficial dos bolsistas sobre o que foi enunciado na atividade em análise e em todo o processo formativo oferecido pelo subprojeto, contudo algumas poucas respostas ativas e críticas foram construídas por pibidianos que passaram por um número maior de eventos que colaboraram no processo de internalização dos conteúdos tomados como objeto de ensino e aprendizagem.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

QUALIS/CAPES - quadriênio 2013-2016B2 - ÁREA DE LINGUÍSTICA E LITERATURA

 

Indexadores de Base de Dados (IBDs) 
Bases de periódicos com texto completo: