IDEOLOGIA E TRANSITIVIDADE NO DISCURSO DO PAPA FRANCISCO

Vinícius Nicéas Nascimento (UFPE), Maria Sirleidy de Lima Cordeiro (UFPE)

Resumo


Este artigo tem como objetivo principal apresentar uma análise dos Processos mentais presentes nos pronunciamentos do Papa Francisco proferidos durante a Jornada Mundial da Juventude 2013. Nossa pesquisa fundamentou-se na Linguística Sistêmico-Funcional, na sua concepção da língua como atividade social, e na Análise Crítica do Discurso. Observamos o sistema de transitividade e os diversos processos verbais, bem como os aspectos ideológicos que permearam os pronunciamentos analisados. Os resultados obtidos nos possibilitam perceber que os processos mentais analisados são, nos pronunciamentos do Papa Francisco, corresponsáveis pela construção da argumentação e do sentido e indicam a maneira como a Igreja Católica sustenta suas relações de poder.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

QUALIS/CAPES - quadriênio 2013-2016B2 - ÁREA DE LINGUÍSTICA E LITERATURA

 

Indexadores de Base de Dados (IBDs) 
Bases de periódicos com texto completo: