O TRATAMENTO DA VARIAÇÃO LINGUÍSTICA NO LIVRO DIDÁTICO DE PORTUGUÊS NO ENSINO FUNDAMENTAL

Maria Juliane Gomes Silva (FSLF), José Marcos Ernesto Santana de França (URCA)

Resumo


O livro didático é uma ferramenta de grande importância para o professor no processo de ensino-aprendizagem em sala de aula, sendo, muitas vezes o único material utilizado pelo professor. Considerando esse fato, o presente artigo é resultado de um estudo que teve como objetivo analisar como o livro didático de português trata/aborda a temática da variação linguística como conteúdo de ensino para as aulas de língua portuguesa e quais gêneros textuais são usados para ilustrar didaticamente os casos de variação linguística. Para isso, adotamos o roteiro de análise de materiais didáticos proposto por Lima (2014) e adotamos como corpus de análise um volume do 6º ano de uma coleção recomendada pelo PNLD e adotada em ampla escala. A fim de fundamentar teoricamente esta pesquisa, lançamos mãos dos PCN de Língua Portuguesa (BRASIL, 1998) e dos estudos da Sociolinguística representados por Bagno (2007), Faraco (2008) e Bortoni-Ricardo (2005, 2006). Em nossa análise, constatamos que o tratamento do referido tema é apenas pontual em um determinado capítulo e os gêneros adotados são estereotipados.

PALAVRAS-CHAVE: Variação Linguística. Ensino de Língua Portuguesa. Livro Didático de Língua Portuguesa.

 

 


Referências


ALKMIM, T. M. Sociolinguística (parte I). in: MUSSALIM, F.; BENTES, A. C. (Org.). Introdução à linguística: domínios e fronteiras. 4. ed. São Paulo: Cortez, 2004. p. 21- 47

BAGNO, M. Nada na língua é por acaso: por uma pedagogia da variação linguística. 3. ed. São Paulo: Parábola Editorial, 2007.

BAGNO, M. Preconceito linguístico: o que é, como se faz. 52. ed. São Paulo: Edições Loyola, 2009.

BLOG DO PROFESSOR DIOGO. Atividade sobre variação linguística e preconceito linguístico. Disponível em: < http://diogoprofessor.blogspot.com.br/2016/11/atividade-sobre-variacao-linguistica-e.html >. Aceso em: 20 dez. 2017.

BORTONI-RICARDO, S. M. Nós cheguemu na escola, e agora?: sociolinguística e educação. 2. ed. São Paulo: Parábola, 2005.

BORTONI-RICARDO, S. M. Competência comunicativa. In: ______. Educação em língua materna: a sociolinguística na sala de aula. 4. ed. São Paulo: Parábola Editorial, 2006. p. 71-78.

BRASIL. Parâmetros Curriculares Nacionais: Ensino Fundamental. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Média e Tecnológica. Brasília: Ministério da Educação, 1998.

BRASIL. Programa Nacional do Livro e do Material Didático. Ministério da Educação. Disponível em: < http://portal.mec.gov.br/pnld/apresentacao >. Acesso em: 28 maio 2016.

CEREJA, W. R.; MAGALHÃES, T. C. Português: linguagens. 6º ano: língua portuguesa. 7. ed. reform. São Paulo: Saraiva, 2012.

CEREJA, W. R.; MAGALHÃES, T. C. Português: linguagens. 6º ano: língua portuguesa. 9. ed. reform. São Paulo: Saraiva, 2015.

CEZÁRIO, M. M.; VOTRE, S. Sociolinguística. in: MARTELOTTA, M. E. Manual de linguística. São Paulo: Contexto, 2009. p. 141-155

FARACO, C. A. Norma culta brasileira: desatando alguns nós. São Paulo: Parábola Editorial, 2008.

LABOV, W. Padrões sociolinguísticos. Tradução de Marcos Bagno, Maria Marta Pereira Scherre e Caroline Alves Cardoso. São Paulo: Parábola, 2008.

LIMA, R. J. Variação linguística e os livros didáticos de português. In: MARTINS, M. A.; VIEIRA, S. R.; TAVARES, M. A. (Org.). Ensino de português e sociolinguística. São Paulo: Contexto, 2014. p. 115-132.

MOLLICA, M. C. Fundamentação teórica: conceituação e delimitação. In: MOLLICA, M. C.; BRAGA, M. L. Introdução à sociolinguística: o tratamento da variação. São Paulo: Contexto, 2010. p. 9-14.

SOARES, M. Linguagem e escola: uma perspectiva social. São Paulo: Ática, 2009.

TARALLO, F. A pesquisa sociolinguística. 5. ed. São Paulo: Ática, 1997.

TRAVAGLIA, L. C. Gramática e interação: uma proposta para o ensino de gramática. 9. ed. rev. São Paulo: Cortez, 2003.


Texto completo: PDF

Apontamentos



Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

QUALIS/CAPES - quadriênio 2013-2016B2 - ÁREA DE LINGUÍSTICA E LITERATURA

 

Indexadores de Base de Dados (IBDs) 
Bases de periódicos com texto completo: